>  > 
Visitar Guimarães sobre rodas na Primavera: cultura e estilo

Todas as estações do ano convidam a uma visita a Guimarães, berço da nação, de preferência com toda a mobilidade e todo o conforto de um automóvel.

Sugerimos que alugue um carro em Guimarães para explorar os seus arredores.

O que visitar em Guimarães e arredores

Intimamente associada ao nascimento de Portugal enquanto país soberano, a cidade de Guimarães oferece aos seus visitantes a possibilidade de destilar o elixir da portugalidade. Entre o seu centro histórico, classificado como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, ou o Monumento de homenagem a D. Afonso Henriques, primeiro monarca Português, a essência de Guimarães assegura uma viagem no tempo por alguns dos momentos e dos monumentos que mais ajudaram a definir o país.

Mas nem só de monumentos se compõe uma cidade. Aqui as ruas, como a Rua D. João I, têm as pedras da calçada desgastadas por séculos de História. Neste caso concreto, a rua servia de via de acesso ao Porto, na altura a maior concentração urbana da pátria recém-formada. A Praça de Santiago, por seu turno, era um local de congregação, passagem e repouso para os peregrinos que empreendiam a sua viagem de devoção até Santiago de Compostela.

Visitar Guimaraes
Thinkstock – ©iStock

Visitar a Guimarães da Idade do Ferro e do Cobre

Se o centro histórico de Guimarães representa uma incursão às nossas origens medievais, os seus arredores permitem-nos recuar ainda mais no tempo, até à Idade do Ferro e do Cobre. Sensivelmente a 15 km a noroeste da cidade, a Citânia de Briteiros é um conjunto de vestígios arqueológicos de uma povoação pré-histórica.

Este Monumento Nacional permaneceu durante largos séculos no desconhecimento, até ser sido descoberto no século XIX por Martins Sarmento, ele próprio natural de Guimarães. Hoje em dia, as ruínas estão abertas a todos os visitantes e aguardam por si e pela sua família num fim-de-semana próximo.

Visitar Guimaraes
Thinkstock – ©iStock

Comments

comments

Compartilhe o artigo